quinta-feira, 11 de fevereiro de 2021

Dicas para o primeiro dia de aula

 

Você se lembra de como foi seu primeiro dia de aula na faculdade? Eu sim e foi tenso. Apesar de não ser uma pessoa tímida, meu coração acelerou demais e fiquei gelada. A turma era bem grande e tudo era tão novo e diferente pra mim. Os dias foram passando e o bate papo e as amizades foram surgindo, mas demorou um certo tempo pra isso acontecer.


Agora, imagina uma criança que começa a estudar ou mesmo que já estude, começar um novo ano letivo, uma nova fase com novos professores e novos amigos? Não é fácil e os pais e educadores precisam estar atentos para aos comportamentos delas nesse início.


A primeira coisa a ser feita é ter paciência. Há crianças "e" crianças, certo? Então, cada uma com suas particularidades vai expressar de uma maneira seus sentimentos sobre essa nova vivência.


Não adianta ficar comparando uma com a outra, dizer que o amiguinho não tá chorando etc. Isso só faz piorar ainda mais a situação. Converse com seu filho e não despreze o que ele está sentindo naquele momento.


Há um outro tipo de reação comum também, algumas crianças não choram, mas guardam dentro de si frustrações. Esteja atento. Tenho experiência de ter tido alunos que aparentemente estavam ótimos na adaptação e poucos meses depois, não quiseram ir pra escola e começaram a ter reações de pirraça, choro e até medo.


Se você está passando por um momento mais difícil, deixo algumas dicas que podem ajudar:


- Sempre fale a verdade para seu filho, não tente enganá-lo.


- Diga, transmitindo confiança, que irá voltar pra buscá-lo. Nos primeiros dias, você pode combinar com a escola de buscar mais cedo e ir aumentando o horário com o passar das semanas. Há algumas escolas que já fazem isso no período de adaptação.


- Converse em casa sobre a nova experiência que ele irá ter. Que conhecerá pessoas novas e fará muitas amizades.


- Tenha paciência, muita paciência e, não desista no caminho.


- Converse com a direção da escola, diga sobre suas dúvidas e medos. 


- Converse com outras mães que já passaram por isso e verás que não está sozinha.


 Psicopedagoga Genislene Borges







Avaliação e intervenção de crianças e adolescentes com dificuldades de aprendizagem.

Atendimento familiar e escolar.

Supervisão e Mentoria online.

0 comentários:

Postar um comentário

Agende uma consulta

Fale comigo
genis.psicopedagoga@gmail.com
(11) 94479-6309